Palavra do Diretor

Em nome do corpo docente e da equipe administrativa  da Escola Nacional de Acupuntura – ENAC de Medicina Tradicional Chinesa, e demais terapias naturais agradeço o interesse em nossos cursos livres e de Pós- Graduação que preparam você para ser um praticante de terapias naturais voltadas para a saúde (Acupuntura, Fitoterapia, Moxabustão e outras técnicas).

Originada na China e tendo uma história de cura de mais de 4.000 anos, a Acupuntura é reconhecida e aceita como parte integrante da prática de medicina no Mundo e no Brasil. Inclusive o Brasil é o único país do mundo, à exceção da própria China, onda a terapia conquistou simultaneamente alguns marcos fundamentais: ser regulamentada como especialidade da saúde e assim nacionalmente reconhecida pelas autoridades de saúde do país; estar implantada em um serviço público universal de atenção à saúde e fazer parte da Regulamentação da Classificação Brasileira de Ocupações – CBO.

Em 1988, o Governo Federal implantou oficialmente a Acupuntura nos serviços públicos de atenção à saúde, à época ainda denominado SUDS – Sistema Único Descentralizado de Saúde, por meio da Resolução 05/88 da CIPLAN – Comissão Interministerial de Planejamento e Coordenação (composta, na época, pelos Ministérios da Saúde, Previdência e Assistência Social, Trabalho e Educação), estabelecendo as diretrizes para o atendimento desta especialidade, possibilitando implementar a Acupuntura nas secretarias de saúde estaduais e municipais e nos serviços de medicina universitários.

De ampla cobertura e eficácia terapêutica, a Acupuntura é reconhecida pela Organização Mundial de Saúde – OMS desde 1979, recomendando-a no tratamento de diversas condições clínicas. Em decisão proferida no dia 16 de novembro de 2010, durante a V Sessão realizada em Nairóbi, Quênia, o Comitê Intergovernamental da Unesco, órgão da ONU voltado para educação, ciência e cultura, incluiu a Acupuntura na lista de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Tanto a Acupuntura quanto a Fitoterapia Chinesa já foram comprovadas por sua eficácia e segurança, bem como por oferecer uma alternativa econômica dentro do sistema de saúde, resultando em cada vez mais brasileiros acessando essa abordagem para promover sua saúde e bem- estar. O campo médico tradicional gradualmente vem aceitando a acupuntura como mais um tipo de terapia de medicina integrativa fornecendo modalidades de tratamento não farmacológico da dor, ampliando a oportunidades para acupunturistas formados.

A ENAC, após 21 anos de experiência no ensino de medicina chinesa, é conhecida, reconhecida e bem conceituada na área. Nossa abordagem para educar os alunos é fornecer uma base teórica completa em Medicina Tradicional Chinesa mediante um programa de aprendizagem baseado na prática.

A experiência de nosso corpo docente, com profissionalismo e abordagem fundamentada para ensinar MTC são pontos fortes de nossa escola. Em turmas pequenas, esses profissionais orientam os alunos na filosofia e na prática da Medicina Chinesa. Voltados ao desafio de ensinar aos alunos algo além do seu contexto filosófico como modelo de prática da MTC em um cenário de atenção à saúde contemporâneo e ocidental.

Nossa visão/missão é colocar os profissionais formados em nossa escola na vanguarda da evolução da Acupuntura, da Fitoterapia e ensino da Medicina Chinesa em um compromisso com a excelência.

Respeito, Tradição, Integração e Inovação são os valores centrais desta instituição. Com um excepcional trabalho de atenção à saúde e com programas de Acupuntura, Fitoterapia Chinesa, Moxabustão, Auriculoterapia, Ventosa terapia, Tuiná, Alimentação terapêutica que se adaptam à maioria dos horários, acreditamos, que você encontrará na ENAC o lugar ideal para se tornar um excelente profissional, com esta profissão como sua nova carreira.

Homero Gustavo Lima

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *